PALESTRA 12 - IGREJA TENRIKYO AMAZONIA

Ir para o conteúdo

Menu principal:

ARQUIVOS > PALESTRAS > YOSHIHIKO SHIROKIHARA
  JIBA É A FONTE DE TODAS AS SALVAÇÕES
 
 
   Há uma doença que a pessoa fica em um estado onde parte do intestino tem sua formação incompleta ou mal formada, onde, mesmo as partes das paredes do intestino que estão normais, acabam ficando cobertas de resíduo, ocasionando uma obstrução intestinal. Minha filha mais velha, aos três meses de idade, também ficou comprometida com tal doença, onde comprometida com tal doença, onde não se conseguia fazer as evacuações. E de acordo com o que o médico dissera, era necessário fazer imediatamente uma cirurgia. 

   Nessa época, eu estava em Jiba, fazendo os serviços para a sede da Tenrikyo, mas, mesmo fazendo as dedicações, nessa época, eu ainda não conseguia sentir a presença de Deus-Parens e Oyassama, e devido as circunstancias, eu que ainda não acreditava realmente, pedi a Oyassama o seguinte: “ Se és realmente a Oyassama eternamente viva sempre presente, nos protegendo, por favor, faça com que a doença de minha filha seja transferido a mim. Dê-me a doença de minha filha!”.
   Certo dia, quando voltava para o dormitório montado em uma moto estilo skuter, quando passava pelo santuário leste, que na época estava em reforma, de repente, um caminhão apareceu me batendo, onde acabei fraturando o ombro. Porém, depois de 4 meses, surpreendentemente, minha filha que estava doente, conseguiu evacuar e após isso, fazendo evacuações uma vez após 3 semanas, melhorando gradualmente até receber a graça por completo, normalizando as funções do intestino.

   Por razão deste acontecimento, pude despertar e sentir realmente dentro de mim, a presença de nossa mãe Oyassama eternamente viva, que nos protege sempre. Realmente, recebi a inestimável graça de Jiba, a Terra Parental.
Na missa do mês passado, expressei-me diante de todos, falando sobre o objetivo que gostaria de realizar. Tal objetivo falando sobre o objetivo que gostaria de realizar. Tal objetivo consiste em nos esforçarmos para que “todos os fieis e yobokus, ligados a Igreja-Mor Honshiba, convide as pessoas próximas a fazer o regresso a Jiba no ano que vem, onde será realizada a comemoração dos 120 anos do Ocultamento Físico de Oyassama” e também, o objetivo de que “regresse dez mil pessoas à Jiba”.
   Bom, se refletirmos um pouco sobre o porquê do regresso a Jiba, podemos obter a simples resposta que o atual santuário da sede da Tenrikyo, Jiba, é o local sagrado onde graças às providencias de Deus-Parens, foi criado o primeiro casal e a razão da concessão do primeiro ser humano. Podemos dizer que é a origem e o berço da vida e criação de todos nós, seres humanos. E foi quando em 1875, de acordo com a determinação de Oyassama, foi erigido o Pedestal do Néctar (Kanroudai). Esse local chamado Jiba, é o local sagrado onde foi concedido o nome divino de Tenri-Ô-no-Mikoto e é o local da salvação de todas as coisas. E todos os meses, no dia 26, é realizado no local, o serviço de Kagura em volta do Kanroudai onde, de acordo com esse serviço, é que a graça ou as providencias de Deus-Parens, criador de todas as coisas, é efetuado ou realizado, para auxiliar, ajudar ou curar a todos que estão não apenas com alguma moléstia no corpo, mas também, todos que sofrem ou estão tendo alguma dificuldade no mundo.

   Ouvimos falar que “Jiba” é a salvação de todas as coisas e a fonte de todas as providencias divinas que nos auxiliam. Quando estamos doentes, ou quando enfrentamos algum infortúnio, ou ainda, quando solicitamos a graça divina para que alguém consiga se livra de um sofrimento ou problema, regressamos a Jiba, local que foi concedido o nome divino de Tenri-Ô-no-Mikoto, onde Oyassama está eternamente presente, trabalhando incansavelmente com sua graça. Neste local, a reverencia à Deus-Parens, e ao serviço de Kagura, que de acordo com isso, é que todos do mundo passam a receber a graça de superar a variabilidade dos nós da vida, recebendo ainda a grande alegria no espírito. 
   Oyassama nos ensinou o Otsutome (Serviço Diário) como um dos meios para limparmos o espírito empoeirado. Tal espírito empoeirado é o espírito egoísta que chamamos de “As Oito Poeiras”, e é o espírito que nos afasta da felicidade. O Otsutome tem como principal função, a limpeza do espírito, mas também, é um meio de podermos pedir a Deus, a felicidade do próximo. De acordo como tal serviço é realizado, o nosso espírito vai se tornando límpido e na medida em que isso vai acontecendo, sentimos que não precisamos nos prender às coisas, mudando excepcionalmente a nossa visão sobre o mundo, conseguindo agüentar as coisas desagradáveis de um mundo que até então era cheio de dor e sofrimento, onde sem precisar fugir, tornamo-nos capazes de sentir a alegria alimentando a felicidade, invertendo a situação durante a vivencia nesse mundo cheio de dor. 

   Quando regressamos a Jiba, posso dizer que penso que recebemos de Deus-Parens, forças para recebemos com alegria as varias adversidades que ocorrem na vida. No local onde as pessoas, através do Otsutome e do Mikagurauta unem o espírito construindo juntamente o espírito da salvação mútua, onde a partir dessa união espiritual, creio que se possa estabelecer gradualmente as condições para criar um ambiente onde as pessoas possam ter uma educação e uma formação mais admirável. Acredito que seja muito importante que todos regressem a Jiba sempre que puderem, e tenham sempre no espírito, os ensinamentos deste caminho, praticando-os diariamente. 

Chefe da igreja-mor Honshiba, 

Yoshihiko shirokihara



 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal